Noticias

Noticias (12)

Plantio de mudas de árvores como ipês branco e amarelo e de espécies nativas em pontos da cidade e em área de preservação permanente; apresentação do espaço árvore, projeto piloto de floresta urbana, educação ambiental e lançamento da cartilha de arborização urbana, com orientações para o plantio adequado de mudas foram as ações realizadas na última semana pela Coordenadoria do Meio Ambiente para comemorar a semana do Dia da Árvore, celebrado no dia 21 de setembro .

No dia 21, em ação realizada em conjunto com a Coordenadoria de Cultura, foram plantados, em frente ao Museu Gustavo Teixeira, 7 ipês brancos, que ganharam também placas com versos do poema “Na Várzea”, de Gustavo Teixeira, com referências ao ipê. 

No dia 22, o plantio de 25 árvores na avenida Sebastião Caboto Carreta, ao lado do lago do Novo Horizonte, marcou o início do projeto piloto de “floresta urbana”. A proposta é que o local, que já tem árvores de espécies diversas do outro lado da rua em breve ganhe um ‘túnel’ com o encontro das árvores plantadas dos dois lados da via, ao longo de um trecho de 200 metros.

A iniciativa atende uma das diretivas de arborização urbana propostas pelo Programa Município VerdeAzul, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a expectativa é ampliar o projeto para outras áreas urbanas de São Pedro.

Como destaca o coordenador de Meio Ambiente, Rogério Bosquero Júnior, as espécies escolhidas para ocupar a calçada possuem porte adequado para não interferirem na rede elétrica adjacente e os ‘berços’ respeitam as dimensões propostas pelo “Espaço Árvore”, que estabelece medidas consideradas ideais para o desenvolvimento da planta.

No dia 23, a ação aconteceu em escolas da rede municipal. Foram plantados, com auxílio dos alunos, 10 ipés amarelos, flor símbolo do Brasil desde 1961. “Ao programar esta atividade, pensamos em levar a experiência do contato com a terra e a consciência da importância das nossas árvores aos alunos”, disse o coordenador.   

Na sexta-feira, o plantio foi na calçada do Tiro de Guerra. Foram 15 árvores de diversas espécies. Outra atividade deste dia foi o lançamento do Guia Prático de Arborização Urbana, material elaborado pela equipe técnica da Coordenadoria com orientações passo a passo para o plantio adequado de mudas. O material pode ser acessado em saopedro.sp.gov.br/guia-pratico-de-arborizacao-urbana-pdf

Para encerrar as atividades, para o sábado, 25, está previsto, das 8h às 11h, o plantio de 400 mudas em uma Área de Preservação Permanente no Hotel Fazenda Cachoeira da Furna.

“Toda equipe da Coordenadoria se empenhou muito nestas atividades. Os plantios são marcos importantes na educação ambiental e também têm um efeito prático, já que ao longo da semana nossa cidade ganhou aproximadamente 500 mudas plantadas”, destacou o coordenador.

Mais uma entrega dos kits alimentares, a nona deste ano, será  realizada nas escolas municipais nos dias 28, 29 e 30 de setembro. A Prefeitura de São Pedro, por meio da Secretaria Municipal de Educação, entrega os alimentos a todos os alunos matriculados na rede municipal de ensino. A retirada pode ser feita das 8h às 12h e das 13h às 17h.

O iogurte, entregue desde março, volta a acompanhar o kit de alimentos deste mês. Outra novidade implementada em junho que também continua é a entrega de um pacote de fraldas para crianças do berçário e maternal. Ao todo serão distribuídos 4.132 kits.

As recomendações para a entrega continuam as mesmas: os pais ou responsáveis devem usar máscaras, respeitar o distanciamento e o horário estabelecido para as entregas. Apenas uma pessoa por família deve fazer a retirada.

Famílias com até 2 alunos recebem 5kg de arroz, 1kg de feijão, 5 kg de açúcar, 900 ml de óleo, 1 kg de sal, 500 g de fubá, 400g de achocolatado, 500 g de farinha de milho, 500g de macarrão, 400g de bolacha,400g de leite em pó, 260 g de extrato de tomate e 1 litro de iogurte. 

Famílias com mais de 2 alunos recebem 10 kg de arroz, 2 kg de feijão, 5 kg de açúcar, 1,8 l de óleo,  1 kg de sal, 500 g de fubá, 400g de achocolatado, 500 g de farinha de milho, 1kg de macarrão, 800g de bolacha, 800 g de leite em pó, 260 g de extrato de tomate e 2 litros de iogurte.

 

LISTA

A lista de responsáveis pode ser conferida em  https://www.saopedro.sp.gov.br/lista-15-entrega-kits-210921-100104-pdf

E os locais de entrega em https://www.saopedro.sp.gov.br/pontos-e-horarios-de-distribuicao-210722-141009-2-pdf

 

O prefeito Thiago Silva visitou nesta quarta-feira, 18, várias obras em andamento. Ele esteve na UPA, na estrada do Giocondo e na quadra  poliesportiva do São Dimas.

As UBSs  Bela São Pedro, Alpes e Nova São Pedro, que recentemente receberam equipamentos e melhorias também foram visitadas.

“As ações relacionadas à pandemia tiveram prioridade, mas as obras e outras ações da Prefeitura não pararam e hoje pudemos acompanhar o andamento destas revitalizações ou construções importantes para os munícipes, que representam mudança efetiva nos serviços oferecidos”, disse o prefeito Thiago Silva.

Juntas, as obras representam investimento de aproximadamente R$ 2 milhões. Na UPA, a readequação da recepção com uma sala de espera, pintura interna e externa e reconstrução do piso de acesso para as ambulâncias com cobertura para proteger a entrada dos pacientes nos dias de chuva está 60% executada.

A Unidade de Pronto Atendimento também terá uma rampa construída para acesso dos moradores com dificuldades de locomoção. As benfeitorias visam dar mais agilidade ao serviço e conforto para os são-pedrenses.

Na quadra poliesportiva, a área interna terá 527 metros quadrados, com 20 metros de largura e 31 metros de comprimento e estrutura metálica na cobertura. O piso será de concreto polido, com 15 luminárias industriais pendentes de LED, 3 refletores no lado externo, além de lixeiras, bancos e bebedouros. O local foi planejado para atividades esportivas, como vôlei, futebol de salão e basquete, e também para eventos no geral, como reuniões, cursos ou atividades de lazer. No bairro Giocondo, as obras são para instalação de galerias pluviais.

SAÚDE – As Unidades Básicas de Saúde do Alpes, Bela São Pedro e Nova São Pedro passaram recentemente por mudanças, com instalação de equipamentos e manutenção. Entre os equipamentos estão ar-condicionado, armários de aço, prateleiras, impressoras, cadeiras e bancos. O objetivo é garantir condições ideais para funcionários e população atendida.

OUTRAS OBRAS PLANEJADAS -  Além das obras visitadas nesta quarta-feira há outras planejadas para ter início até o final do ano,  como a revitalização da praça São Benedito, com mudanças na iluminação, nos sanitários, no calçamento, com instalação de piso tátil; no pórtico, no pergolado e instalação de bancos e lixeiras; construção do almoxarifado para a Secretaria de Educação, ampliação e reforma da Emeb Halina Buba Baldon, unidade voltada a crianças de até 4 anos que vai ganhar quatro novas salas, construção de creche escola com capacidade para 300 crianças no bairro Nova São Pedro  e pavimentação de ruas do bairro Chácaras ABC, com instalação de guias, sarjeta, galeria e calçada.

O prefeito Thiago Silva esteve nesta quinta-feira, 9,  em dois locais que em breve vão ter obras iniciadas: a praça São Benedito e a Emeb Halina Buba Baldon, no bairro Jardim Nova Estância.  As ordens de serviço para as duas obras que serão realizadas com recursos do município foram assinadas nesta semana. O investimento será de R$ 1,8 milhão.  

Na praça São Benedito, acompanhado dos secretários municipais de Turismo, Clarissa Quiararia, e de Obras, Caio Piedade, o prefeito destacou detalhes da revitalização. “É uma obra esperada há bastante tempo e fruto de um processo iniciado em 2016, após conversas com a Diocese de Piracicaba. São várias mudanças que vão valorizar este importante marco de São Pedro”, disse.

Com a revitalização, a praça São Benedito terá mudanças na iluminação, que será feita com led e nos sanitários, que também serão acessíveis. O calçamento em frente à igreja será mantido, mas vai ser revitalizado com um lixamento. Em outros pontos da calçada, haverá instalação de piso tátil. Estão projetadas também construção de pórtico, dois pergolados e instalação de bancos e lixeiras. Um recuo para o ponto de táxi é outra mudança prevista no projeto que deve começar a ser executado nos próximos dias.

Os trailers instalados no local vão poder atender ao público mesmo durante o período da obra. Para isso serão feitas algumas adaptações.

Os trâmites para as mudanças na praça tiveram início em 2016. Em 2019, a assinatura de um documento pelo então prefeito Helinho Zanatta e pela Diocese de Piracicaba garantiu a servidão administrativa do espaço ao município pelo período de 20 anos.

Fundada em 1953, a Igreja São Benedito está localizada no bairro de mesmo nome e a praça em seu entorno, como pertence à Diocese, não podia ser alterada pela Prefeitura.

CAPACIDADE DOBRADA PARA CRECHE – A Emeb Halina Buba Baldon, unidade voltada a crianças de 4 meses a 4 anos, vai ganhar quatro novas salas, além de sala dos professores, lactário e banheiro adaptado. A nova estrutura vai permitir praticamente dobrar o número de alunos. Atualmente, são 120 crianças matriculadas na creche que atende em período integral e com a obra concluída, outras 100 poderão ser atendidas no local, também no período integral.

Com esta obra, uma das principais demandas da Educação - a busca por vagas em creches -  será contemplada.Outra mudança programada para esta escola é a instalação de um novo parque infantil.

O prefeito esteve no local acompanhado da secretária de Educação, Samanta Bontorim e do secretário de Obras, Caio Piedade.

 

 

O prefeito Thiago Silva, acompanhado do secretário de Governo Clóvis Vaz Filho, reuniu na manhã desta sexta-feira, 19, os vereadores da base para apresentar os projetos do Executivo que foram encaminhados à Câmara Municipal e estão na pauta da sessão da próxima segunda-feira.

“A Câmara tem sido parceira e contribuído de maneira fundamental para o nosso desenvolvimento. Mesmo com todas as dificuldades que a pandemia trouxe para a gestão pública, nossa cidade não parou e continua avançando”, destacou o prefeito. 

Entre os projetos que serão apreciados está o que autoriza o município a celebrar convênio de cooperação técnica com o Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), medida que vai garantir a realização de obras para que os sistemas de captação e tratamento de água bruta sejam feitos no rio Araquá. Estudos apontam que o manancial tem potencial para garantir o abastecimento de São Pedro pelos próximos 30 anos.

Há também projetos que tratam sobre subvenções para entidades assistenciais, como Casa dos Velhinhos, Apae e Casa Abrigo, subvenções para o Hospital Beneficente São Lucas, a Santa Casa de São Pedro; recursos para expansão da iluminação pública, denominação de próprios públicos como  a praça Claudemiro Aparecido de Carvalho, no bairro Portal das Flores, entre outros.

Participaram da reunião o presidente da Câmara, Du Sorocaba e os vereadores Dudu, Branco, Adriano Vitor, Cleusa Barros, Toninho da Sorveteria e Luciano Mazzonetto.

“É um marco para São Pedro, para o Meio Ambiente, avanço no Turismo e na
qualidade de vida”, definiu o vice-prefeito de São Pedro, Thiago Silva, na
inauguração da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) “Professor José
Augusto Rego Barros Seydell”. A cerimônia, realizada no sábado, dia 5 de
dezembro, foi transmitida ao vivo pelo Facebook da Prefeitura de São Pedro.
Participaram do evento Dalto Brochi, diretor geral da Ares PCJ, Rubens
Françoso, presidente do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) de
Piracicaba e Daniel Gonçalves, superintendente do SAAE de Rio das Pedras,
além dos vereadores Giuliano Antonelli, Du Sorocaba, Adriano Vitor e Robinho,
dos secretários municipais Caio Piedade (Obras) , Pedro Aguiar (Governo),
Clarissa Quiararia (Turismo) e do diretor-presidente do Saaesp, Giovane
Genezelli. O prefeito Helinho Zanatta não pode participar do evento por estar
cumprindo isolamento em casa após ter resultado para Covid-19 confirmado.
Giuliano Antonelli, atual vice-presidente da Câmara e vice-prefeito eleito, falou
em nome do Legislativo. Destacou a importância da obra que recebeu
investimentos de R$ 17,8 milhões para o Meio Ambiente e saúde. “Como
médico, sei da importância desta obra que vai marcar a história de São Pedro”,
afirmou. Ele evidenciou também o papel da Câmara em todo o processo para a
construção da ETE.
“Cada real investido em saneamento traz benefícios para o chamado 3S:
saúde, sustentabilidade e social”, disse o diretor-presidente do Saaesp,
Giovane Genezelli, que agradeceu todo o empenho da equipe da autarquia
para a realização da ETE, com capacidade para tratar o esgoto produzido por
40 mil pessoas. “É uma obra com grande volume de investimentos e com
grande impacto”, acrescentou. “O saneamento é um ótimo legado para as
futuras gerações e São Pedro está de parabéns por esta conquista”.
PLANEJAMENTO – A importância do planejamento foi outro ponto destacado
por Thiago Silva, ex-diretor presidente do Saaesp e prefeito eleito de São
Pedro. “Tudo o que estamos vendo hoje é fruto de planejamento iniciado há 8
anos. O prefeito Helinho sempre foi um homem visionário e procurou o sr.
Seydell para colocar em prática este projeto.Não foi um caminho fácil. Foram
muitas etapas, projetos, estudos, solicitações de verbas ao Fehidro até chegar
a esta inauguração”, afirmou, acrescentando que a trajetória vai continuar.
“Estamos aqui para fazer o melhor”.

HOMENAGEM – Filho do engenheiro José Augusto Rego Barros Seydell,
Tiago Seydell falou em nome da família. “É um momento de muita emoção.
Esta estação é fruto de um trabalho muito sério e que teve a participação do
meu pai, uma pessoa realmente diferenciada que tive o privilégio de ter na
minha casa.” Para ele, que também é engenheiro, a ETE deixa São Pedro na
vanguarda do saneamento. Em seu discurso de agradecimento, Tiago Seydell
lembrou que ainda em 2012, após as eleições,o prefeito Helinho Zanatta
procurou seu pai com o objetivo de encontrar soluções para a falta de água e
de tratamento de esgoto, questões consideradas prioritárias já no início do seu
primeiro mandato. Além de Tiago, outros familiares e José Augutso, como a
filha Talita, a neta Leila e a viúva Heliana participaram do evento.
SISTEMA AVANÇADO – O processo de tratamento da ETE é considerado um
dos mais modernos, com uso de tecnologia holandesa, medição de vazões,
tratamento preliminar (sujeiras grossas), tratamento secundário, concepção
integrada de reatores aeróbios e anaeróbios, queima de gás, desinfecção e
tratamento de log gerado, além de estação elevatória, 2.500 metros de linha de
recalque e 80 metros de coletor de interligação. Os investimentos incluem
também implantação do sistema complementar de afastamento, coletor tronco,
linha de recalque e estação elevatória, obras que garantem o ‘caminho’ do
esgoto coletado até a ETE.

O Controle de Endemias, departamento da Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Social de São Pedro, intensifica na semana de 8 a 12 de novembro, dedicada à mobilização para prevenção das arboviroses – doenças causadas por arbovírus como insetos e aracnídeos  -  ações para combater a proliferação de doenças como a dengue, zika, e chikungunya.  

Este ano, pela primeira vez, a mobilização do Estado envolve também o combate a escorpiões. O objetivo da ação é chamar a atenção de toda a sociedade para atividades focadas na prevenção das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, mosquito transmissor dessas arboviroses.

A mobilização visa também reduzir as chances de que a população sofra ataques de escorpiões que, assim como o Aedes, podem se proliferar com maior facilidade no período de chuvas.

As atividades incluem visitas de agentes às residências e medidas de conscientização da população para adotar cuidados simples e que podem ser feitos diariamente.

“Pedimos a colaboração de todos nesta Semana de Mobilização e que as atividades que realizarmos neste período se tornem parte da rotina da população. Combater o Aedes e também os escorpiões é uma tarefa coletiva”,  destacou o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, ao comentar sobre as atividades da semana.

Para Matheus Murbach, do Controle de Endemias em São Pedro, é importante que as pessoas recebam bem os profissionais que orientam sobre as ações de combate à dengue e outras doenças e sigam as orientações como uma rotina. “Se todos trabalharmos juntos para combater essas doenças, com adoção de medidas para evitar criadouros, o resultado será muito melhor”. 

NÚMEROS – Em São Pedro, foram registrados, em 2021, 12 casos positivos de dengue e 75 negativos. No Estado, a situação é de queda em relação a 2020. Foram 137,7 mil casos até outubro contra 192,7 mil no mesmo período do ano passado.

Dengue, zika e chikungunya  podem ser prevenidas com a eliminação de criadouros do Aedes. Vasos, pratos de plantas, ralos, lajes, calhas e piscinas são recipientes que registraram aumento nos índices de incidência de larvas.  Caixas d’água, embalagens vazias, entulhos de construção, sucatas, pneus e plantas, ocos de árvore e bambu também são locais possíveis para proliferação. A limpeza adequada e regular, assim como a eliminação destes recipientes em quintais e espaços abertos, são fundamentais para evitar que o mosquito deposite seus ovos.

ESCORPIÕES - Manter jardins e quintais limpos, evitar o acúmulo de entulho, folhas secas e lixo doméstico, manter a grama aparada, sacudir roupas e sapatos antes de usá-los e usar telas em ralos do chão, pias ou tanques são as maneiras mais eficazes de evitar qualquer ataque de escorpião.

Em casos de acidentes com qualquer animal peçonhento, como é o caso do escorpião, é preciso procurar o serviço de saúde mais próximo para receber o tratamento o mais rápido possível. Higienizar o local da picada com água e sabão e aplicar compressa morna auxiliam a reduzir a dor. Se possível, é recomendável capturar o animal e levar ao serviço de saúde, desde que isso seja feito com segurança e não demore, pois a prioridade é o atendimento médico urgente.

Não deve ser feito torniquete, garrote ou curativo que feche a ferida para evitar infecções; também não espremer ou sugar o local da picada; não aplicar qualquer tipo de substância (álcool, querosene, fumo, ervas, pó de café, terra). Gelo ou água fria acentuam a dor e, por isso, não é recomendado o uso.

Os moradores dos Residenciais São Francisco e São Pedro, que recentemente receberam uma UBS (Unidade Básica de Saúde) para atender o bairro e adjacências tem mais três motivos para comemorar: na próxima semana serão inauguradas as Emebs Professora Gentila Iolanda da Silva Frare e Professora Sebastiana Élide Giocondo Perez, além de quadra poliesportiva.

No dia 15 de dezembro, terça-feira, será inaugurada a Emeb Gentila Iolanda da Silva Frare, voltada a alunos do ensino fundamental, com capacidade para atender 450 alunos e área construída de 1.074 metros quadrados. O local, também endereço da quadra poliesportiva, recebeu investimentos municipais de R$ 2,7 milhões, valor que inclui obra física, equipamentos e mobiliários, como móveis adaptados para estudantes com necessidades especiais. O ensino fundamental oferecido será de 1º ao 9º a partir de 2021, desde que a demanda permita de imediato a abertura de classes.

No dia 17, a apresentação oficial será da Emeb Professora Sebastiana Élide Giocondo Perez, uma creche-escola com capacidade para 220 crianças desde o berçário ao Pré-escolar II e que vai zerar a fila de espera para crianç

as na faixa etária de 4 meses a 5 anos. Com área construída de 961 metros quadrados, a unidade escolar recebeu investimentos de R$2,3 milhões para a construção, equipamentos e mobiliários.

INAUGURAÇÃO ADIADA – Outra inauguração prevista na agenda programada pela Prefeitura até o final do ano é da Emeb Joaquim Norberto de Toledo, escola localizada na área central da cidade que teve sua área construída ampliada em 1.012 m2. A apresentação oficial estava programada para o dia 11, mas problemas técnicos provocaram o adiamento da data, ainda não definida.

A ampliação praticamente dobrou a área da unidade escolar, que passa a ter 2.583 metros quadrados construídos. A reformulação da Joaquim Norberto vai garantir a oferta, já a partir de 2021, de acordo com os protocolos, de salas para alunos do pré I ao 5º ano do ensino fundamental e a partir de 2022, ampliação do ensino fundamental gradativamente até completar as classes até o 9º ano, como indicado pela comunidade na elaboração da Agenda 2025.

Os investimentos na obra, equipamentos e mobiliários somam R$ 2,1 milhões e a capacidade total passa a ser de 650 alunos. Foram construídas seis novas salas, sanitários, cozinha, local para alimentação e pátio.

Outra importante construção é a do Núcleo de Apoio à Inclusão, com 4 salas para atendimento de psicologia, psicopedagogia e fonoaudiologia de alunos de toda a rede municipal de ensino, além de espaço voltado ao atendimento aos pais. Todas as obras atendem às normas de acessibilidade.

RADIO COMUNIDADE FM 106,3 SÃO PEDRO SP © 2021 Todos direitos reservados

Please publish modules in offcanvas position.